top of page
Buscar

Hérnia: O que é, principais tipos e tratamentos

A hérnia é uma condição que ocorre quando um órgão ou tecido adiposo se projeta através de uma abertura ou ponto fraco nos músculos ou tecido circundante. Este fenômeno pode ocorrer em diversas regiões do corpo, mas é mais comumente observado na parede abdominal.


Dados epidemiológicos indicam que as hérnias são uma das principais razões para a realização de intervenções cirúrgicas em todo o mundo, com um estudo publicado na revista Surgery estimando que milhões de procedimentos para correção de hérnias são realizados anualmente.


O que é hérnia

Uma hérnia ocorre quando um órgão ou tecido se protrai através de uma abertura em um músculo ou tecido que normalmente o mantém no lugar. 


A manifestação física mais evidente de uma hérnia é uma protuberância que pode ser mais notável ao se esforçar, como ao levantar objetos pesados, e pode desaparecer ou se tornar menos visível ao deitar.


Quais são os tipos de hérnia

Existem vários tipos de hérnia, classificados com base em sua localização e características específicas:


  • Hérnia Inguinal: A mais frequente, ocorrendo principalmente na região da virilha, afeta predominantemente homens devido a particularidades anatômicas dessa área;

  • Hérnia Umbilical: Caracteriza-se pela protuberância de tecido através de uma abertura na parede abdominal próxima ao umbigo, sendo comum em recém-nascidos e pessoas com obesidade;

  • Hérnia Incisional: Desenvolve-se no local de uma incisão de cirurgia anterior, onde a parede abdominal não se recuperou completamente;

  • Hérnia Diafragmática: Ocorre quando há uma abertura no diafragma, permitindo que órgãos abdominais migrem para a cavidade torácica. A hérnia de hiato é um subtipo, onde parte do estômago se projeta para o tórax.


O que causa hérnia

As hérnias surgem devido a uma interação complexa entre o aumento da pressão no abdômen e a fragilidade dos músculos ou tecidos conjuntivos.


Fatores de risco proeminentes incluem o levantamento inadequado de objetos pesados, que exerce uma pressão desproporcional sobre o abdômen, e a constipação crônica, que força o indivíduo a se esforçar excessivamente durante a defecação. 

A obesidade, ao aumentar a pressão interna no abdômen, também contribui significativamente para o desenvolvimento de hérnias.


Da mesma forma, a gravidez pode enfraquecer os músculos abdominais devido ao estiramento e à pressão adicional do útero em crescimento. 


Adicionalmente, cirurgias abdominais anteriores podem deixar áreas de fraqueza na parede abdominal, predispondo a formação de hérnias nesses locais.


Como tratar a hérnia

O tratamento para hérnias pode variar de acordo com a severidade dos sintomas e o tipo de hérnia. Estratégias conservadoras, como o uso de cintas ou a prática de exercícios para fortalecimento muscular, podem ser recomendadas em casos sem sintomas mais intensos.


Contudo, a correção cirúrgica é frequentemente necessária para reparar a hérnia de forma definitiva.


Cirurgia para hérnia

A abordagem cirúrgica para a correção de hérnias pode ser realizada através de técnicas abertas ou minimamente invasivas, como a laparoscopia. 


Na cirurgia aberta, realiza-se uma incisão sobre a hérnia, o tecido herniado é recolocado em sua posição original, e a abertura é reforçada com suturas ou uma tela.


A laparoscopia, por outro lado, envolve pequenas incisões através das quais são introduzidos instrumentos cirúrgicos e uma câmera, permitindo ao cirurgião reparar a hérnia com mínima invasão.


A escolha entre a cirurgia aberta e a laparoscopia depende de vários fatores, incluindo o tipo e tamanho da hérnia, o estado de saúde geral do paciente e a experiência do cirurgião. 


No geral, a laparoscopia é a mais adotada, devido aos benefícios associados, como menor tempo de hospitalização, recuperação mais rápida e menor incidência de complicações pós-operatórias.


Se o seu médico indicou uma cirurgia para hérnia, entre em contato com o Hospital Saha, o primeiro hospital brasileiro dedicado a cirurgias minimamente invasivas, e tire todas as suas dúvidas.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page