top of page
Buscar

Benefícios do HoLEP para o tratamento de Hiperplasia da Próstata.

Atualizado: 31 de out. de 2023

O que é Hiperplasia Prostática Benigna?

É o aumento da glândula da próstata associado à idade que pode causar dificuldade para urinar, podendo ser um fluxo fraco ou intermitente. Em alguns casos, resulta em infecção, pedras na bexiga e função renal reduzida.

Para cerca de 80% dos homens a partir de 40 anos de idade, inicia-se um processo de crescimento da zona de transição da próstata (meio da próstata).

Esse crescimento não causa, necessariamente, sintomas de obstrução em todo esse grupo, mas as chances aumentam de 30% a 60% para todos os homens acima dos 65 anos.


Esse processo é benigno e não tem relação com o câncer, mas causa obstrução da urina em graus diversos variando de sintomas leves, passando por grandes prejuízos da qualidade de vida até a retenção urinária.


A evolução da hiperplasia é progressiva, embora não exista uma clara relação entre tamanho da próstata e sintomas. Alguns pacientes apresentam próstatas pequenas e são bastante sintomáticos, outros pacientes possuem próstata maior e poucos sintomas.


Com o progresso da doença, a bexiga passa a sofrer um processo de substituição da musculatura normal por cicatrizes, o que prejudica a função normal de esvaziamento da bexiga. Caso esse processo não seja interrompido pelo tratamento desobstrutivo da próstata, a bexiga apresentará uma falência completa necessitando de cateterismo vesical definitivo.


Fatores de risco

São conhecidos alguns fatores de risco como obesidade, síndrome metabólica, sedentarismo e herança genética, entretanto, a maioria das pessoas não apresenta nenhum fator de risco evidente.


A atividade física regular e uma dieta saudável são fortemente recomendadas em pacientes com hiperplasia

da próstata.


Sintomas críticos do aumento prostático

Um dos sintomas mais comuns é a redução do jato urinário. Além disso há aumento da frequência urinária, principalmente à noite, o que prejudica muito a qualidade do sono. Outros sintomas incluem um desejo urgente de urinar, com eventuais perdas antes de chegar ao banheiro, dificuldade de iniciar a micção e sensação de esvaziamento incompleto da bexiga.


O quadro mais dramático é o da retenção urinária, quando não é possível urinar necessitando de intervenção médica com passagem de sonda vesical ou até mesmo de cistostomia (colocação de uma sonda na bexiga pelo abdome via punção ou cirurgia).


Diagnóstico e exames para avaliação da Hiperplasia Prostática Benigna

O diagnóstico começa com uma consulta clínica e o exame de toque retal da próstata para avaliar o tamanho e consistência. Além do exame físico, são realizados exames auxiliares.


PSA (Antígeno Prostático Específico) Nos pacientes com HPB, o PSA está frequentemente aumentado devido ao aumento da produção pela zona de transição aumentada, não indicando necessariamente a necessidade de biopsia, sendo cada caso avaliado com o urologista;

Ultrassom da próstata via abdominal Avaliação da bexiga, presença de cálculos, tumores vesicais, tamanho da próstata, forma e resíduo na bexiga após a micção;

Urofluxometria livre Exame simples e não invasivo de suma importância pelo qual podemos saber a velocidade do fluxo e a forma da curva produzida em um gráfico de volume pelo tempo de micção;

Estudo urodinâmico Exame para avaliação de parâmetros de pressão e fluxo urinário durante enchimento e esvaziamento da bexiga em uma situação que tenta reproduzir a micção em um ambiente controlado;

Exame de urina Para identificação de infecções associadas à HPB e para avaliar presença de sangue na urina.



Tipos de tratamento

Existem diferentes tipos de tratamento para a HPB que dependem do grau e da complexidade da doença, como medicação, RTU e cirurgia aberta, mas um destaque é o HoLEP, uma inovação cirúrgica, minimamente invasiva, que trata definitivamente a

doença.


O HoLEP (Holmium Laser Enucleation of Prostate) é uma cirurgia minimamente invasiva realizada pela uretra onde é feita a enucleação da parte interna da próstata utilizando o laser holmium.


O procedimento é realizado pela via transuretral onde se utiliza um delicado e fino aparelho que permite a passagem da fibra laser por um de seus canais. Nesse procedimento é possível a retirada completa do adenoma prostático (que causa hiperplasia) sem deixar nenhum resíduo que possa crescer no futuro e trazer de volta os mesmos problemas.


Indicação para o HoLEP

  • Pacientes com sintomas obstrutivos moderados a graves;

  • Pacientes que não toleram a medicação;

  • Pacientes em que a medicação não surtiu efeito desejado;

  • Pacientes em uso de sonda de demora devido hiperplasia da próstata;

  • Pacientes com outras complicações da HPB como cálculo na bexiga, insuficiência renal, infecções urinárias e prostatites.

Pode ser realizado nos pacientes de risco, tais como:

Usuários de anticoagulantes e antiagregantes;

Pacientes com múltiplas comorbidades.



Benefícios do HoLEP em relação à RTU e à cirurgia aberta

É o tratamento definitivo para Hiperplasia da Próstata;

Cirurgia sem cortes;

Menor tempo de internação hospitalar (média de um dia);

Excelente recuperação;

Pode ser realizado em qualquer tamanho de próstata;

Redução do risco de sangramento intra-operatório e pós-operatório (especialmente quando comparado com a cirurgia aberta);

Redução considerável nas chances de nova cirurgia por HPB (a taxa de recidiva cai para menos de 1%);

Não interfere na potência sexual, libido, prazer e orgasmo.


Centro Avançado de HoLEP SAHA/Fleury


Com toda a qualidade, excelência e inovação do Saha e Grupo Fleury, possuímos o primeiro centro médico especializado em HoLEP da cidade de São Paulo, onde já realizamos mais de mil procedimentos.


No Hospital Saha, o HoLEP é realizado com materiais sofisticados que contam com a qualidade e padrão ouro em todos os processos, garantindo conforto e segurança a nossos pacientes.


Dr. Alexandre Iscaife, médico urologista e um dos responsáveis pela realização do procedimento no Saha, enfatiza que pela sua experiência clínica, evidenciou que a enucleação de próstata a laser como o tratamento definitivo para HPB em próstatas (independentemente do tamanho), possui os melhores resultados a curto, médio e longo prazo.


Por Dr. Alexandre Iscaife Urologista - CRM 124575 | RQE 58400






122 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page